domingo, 11 de outubro de 2015

RESUMO DA MINHA CRISE DO FEOCROMOCITOMA - CONTINUAÇÃO


Sendo sincera, não sei o que dói mais: As dores físicas, ou a dor em presenciar a dor de quem mais amo nesse vida, como queria pode modificar as coisas! A ausência me corta como lâminas afiadas e a dor da minha filha termina de fazer me sentir como se a minha alma não estivesse mais no corpo. A minha casa parece que alguém morreu, quando os meus  olhos se cruzam com o da minha filha e vejo o tamanho da sua dor, abaixo os meus e muito difícil olhar para ela e não saber o que dizer. Mas, ainda é o amor a Deus e o amor a minha filha, o amor que tenho aos meus amorezinhos, porque esse amor nunca acabará, que me fará reagir. Preciso primeiramente melhorá fisicamente, com isso tudo se ajeitará, não existe mal que dure para sempre.  Até as lembranças boas são dolorosas, me fazem sentir saudade, me fazem sentir de uma forma que nem mil palavras poderiam expressar a minha dor, somente quem já passou por algo assim poderia ter a noção no que estou sentindo.  Estou sangrando por dentro. Mas é como dizem o que não mata, nós fortalece.

  

No dia 23 de setembro dei entrada no hospital pela crise do feocromocitoma, a crise cedeu com poucos dias tive alta, retornou no dia 06 de setembro dei nova entrada no hospital, mas uma vez não conseguiram me tirar de crise. Entrava um platonista aumentava a medicação, entrava outro e diminuía sem nada que justificasse  essa conduta.  Porque a minha pressão arterial se manteve o tempo todo alta. Nas outras crises eram feito um tratamento padrão e era isso que estava me tirando das crises, com a diferença que passava as crises na UTI, com médicos mais capacitados diante das medicaçoes usadas em crise. O que não deve ser habitual na emergência pela conduta de alguns médicos. Logico que deveria ter ligado mais uma vez  para meu medico, mas muitas vezes fica dificil saber falar sem sair como uma critica. Muitos médicos da PA, são competentes, sou bem tratada por todos, mas se tratando do meu quadro clinico não são todos que sabem lidar com a minha situação. Acho que posso sim sair da crise do feocromocitoma na PA com um medico fazendo a prescrição e pedindo para manter até a crise ceder, mantendo a conduta seguida em outras crises, o que não foi feito. Houve varias condutas erradas e tive vários momentos de dor que dilacerava a minha cabeça. Pedir a medica uma tomografia( era dor demais na cabeça), mesmo sabendo que um simples exame de sangue não foi em nenhum dia feito na emergência, mesmo sido comentado em detalhes as manchas roxas no meu corpo e o uso do anticoagulante. Imagine uma tomografia, mas para a minha surpresa foi  solicitado e estando normal para mim não era alivio se referindo ao meu estado, mas pelo menos não estava tendo sangramento. Tive até que interromper a internação, pedir alta por algumas horas, deixando claro que voltaria, sabia que não tinha condições nenhuma de sair de alta, mas sabendo da importância da minha saída, voltei depois de algumas horas a dor na cabeça não dava trégua e quando perdi os sentidos pela segunda vez em apenas horas, porque no dia seguinte também tinha perdido os sentidos no hospital, percebi que não tinha condições nenhuma de suportar ficar fora do ambiente hospitalar. Houve erro ainda pior, no meu atendimento na emergência  mas prefiro não comenta-los! Só reforçando que não é para qualquer medico lidar com um paciente com feocromocitoma em crise, pelo contrario tem que ter competência e experiencia. Porém nunca posso deixar de ressaltar a excelência, a competência do meu medico assistente, e o carinho de muitos médicos desse mesma instituição e também todo o carinho e amizade que tenho com os enfermeiras faxineiras, pessoal da alimentação e todas as pessoas que nos ajudam a vencer e que abraçam este ramo da saúde por amor. Ontem tive uma nova alta, meio a pedido, mas dessa vez sair do hospital sem dor, mas ainda sabendo que apesar da melhora, estava em crise. Mas, me encontro em casa em repouso absoluto, não consigo nem levantar, se tento fico muito tonta, não adianta nada insistir nesse momento, apenas tentar me manter viva, buscando do alto alguma luz que possa clarear a escuridão a quem me encontro e rogando a Deus que esteja com quem não posso estar e que eles se sintam felizes. A minha filha acabou de me perguntar como posso está tão calma e apenas disse a ela que estava triste, mas o desespero não me levará a lugar algum que eu possa querer esta, não tenho mais nada a perder, temos uma a outra, isso para mim é o bastante para tentar sair da crise e sobreviver. Ela olhou para mim ainda mais sentida e me disse que não era possível que tivesse caindo da realidade.
    Meus amigos desculpa a minha ausência, o que posso dizer hoje é que estou aqui nesse momento escrevendo tentando por as minhas ideias em ordem, mesmo sabendo que colocar em ordem seja o que for sentindo dor na cabeça é algo bem dificil, com essa dor na alma também é quase impossível, Mas, estou tentando voltar a rotina, mesmo que a realidade esteja dificil, quem me dera não ter consciência do que estou vivendo, ver uma outra realidade, sonhar eu posso e fico sonhando em dias melhores e ter a minha vida de volta, que isso se tornará realidade é outra coisa, Enfim, a vida segue. Nunca na minha vida precisei tanto de Deus como agora e já sofri tanto que não podem nem imaginar, mas nesse momento preciso sentir meu Deus que ainda está na minha vida, para não deixar a dor me destruir. A todos um feliz domingo.
                              

                                    Continuação da crise dia 12 de outubro.

Meus amigos resolvi continuar aqui mesmo a comentar sobre a crise do feocromocitoma, ate o seu termino que creio do poder de Deus está muito perto. Após terminar ontem a postagem acima tive uma descarga adrenérgica secundaria ao feocromocitoma que me fez reagir, por alguns minutos pensei chegou o meu fim, me dei conta naquele momento que precisava deixar tudo de lado, coisas que nesse momento não posso fazer nada a não ser entregar a Deus um por um e assim sera feito. Se quis-se sobreviver, teria que reagir e o primeiro passo seria com certeza saindo da crise do feocromocitoma. Mas como sair de crise sem precisar me ausentar, porque buscar internamento nesse momento é impossível. Mas nesse mesmo instante abri meu coração e me entreguei a Jesus mais uma fez. Nesse momento Deus lavou minha alma. Ele me mostrou que apesar de tudo o que está acontecendo, ele estava presente na minha vida.  Está sendo uma crise muito dificil,  hoje foi o dia que me sentir melhor durante essa crise, sinto nesse momento muita fraqueza e não consigo ficar em pé mais que 50 minuto, sem ver o mundo girar.  Mas pela manhã deu para estar com meus pequenos amorezinhos, abraça-los, matar a saudade. Fora que o silencio da minha casa é uma dadiva, na emergência era muito barulho de pessoas falando, ás vezes esses sons tornava a minha dor de cabeça ainda mais intensa. Estou me sentindo melhor, apesar de ter que tomar alguns cuidados e montar algumas estratégias para recuperar a energia do corpo,  tentando comer, colocando tudo para fora, dando um tempo e comendo outra coisa, dormindo o possível, tentando me distrair, enfim tentando manter medidas para manter pelo menos o meu lado emocional inabalado. O que é dificil, mas com ajuda divina hoje foi possível. Enfrentar os seus limites e ao mesmo tempo olhar para os lados e ver que a dor atinge de forma muito mais cruel outras pessoas que ama é muito vezes a pior dor que um ser humano pode enfrentar.  Mas o mais importante restaurei a minha capacidade de olhar mais para Deus do que para as coisas ruins que estamos enfrentando. Desejo a todos que essa nova semana traga novas esperanças e também desejo profundamente a todos aqueles que sofrem possam erguer suas cabeças e respirar o ar puro, sentir a energia do Sol que se levanta todos os dias, do mar com suas ondas e infinidade de vida, para as estrelas do céu, todo o universo. Não sei porque mas hoje apenas da minha situação de modo geral está muito dificil consigo ver ainda beleza a minha volta, se a minha filha ler essa  parte da minha postagem dirá com certeza, começou a delirar rsrs. Mas não estou, é a força do amor, hoje vi a minha filha melhor, tive meus amorezinhos no braço e tive um dia melhor, onde a dor diminuir de intensidade e isso é bom demais   Obrigada a todos vocês  e que Deus abençoado a cada um de vocês. 
  
                                                    
                                 Vamos lá! Em frente e  com fé em DEUS! 


                               

32 comentários:

  1. Vim te ver, deixo meu beijo e desejos que tudo fique bem com todos vocês! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Chica.
      Obrigada, uma feliz semana. Beijos.

      Excluir
  2. Mirtes,
    Que Deus esteja sempre pertinho de vc. Que Ele te fortaleça e te abençoe !
    Bjs e tenha uma noite de paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Lucia.
      Ele está amiga, é que as vezes no desanimo deixando a nossa fé enfraquecer, mas ao novo dia uma nova força nós é dada. Uma linda semana. Beijos.

      Excluir
  3. Boa noite querida Mirtes, que Deus seja seu conforto e alivie toda essa dor!
    Desejo que anime um pouco, mantendo seu optimismo habitual.
    Tenha uma noite ben tranquila.
    Beijinhos e boas melhoras.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querida Ailime.
      Por mais que todos vejam a minha fé como uma fuga, ainda sim continuo a ama-lo e acreditar que ele não me deixará ver a minha filha sofrer ainda mais. Me animar amiga não posso lhe prometer, mas lhe prometo que vou lutar com todo o meu resto de força para passar por essa fase, ore por mim, pela minha filha Santy, sei que acredita em Deus e creio na sua sincera amizade, por isso me peço que ore por nós. Uma semana cheia de alegrias. Forte abraço.

      Excluir
  4. Mirtes, minha querida, assim que li teu comentário apressei-me a vir te visitar, pois fiquei muito apreensiva com o teu desânimo. Aqui chegando, meu anjo, à medida em que ia lendo o teu relato fui sendo acometida por uma tristeza muito grande por ver o teu desânimo. Os médicos (alguns) que te cuidaram nessa última crise, além de incompetentes também são desumanos. Não é possível que não tenham detectado o desespero que a dor estava a provocar em ti. É triste ver como existem profissionais que não fazem uso da fraternidade e solidariedade para acoplar estes sentimentos ao métodos usados na medicina para teu tipo de doença. É inconcebível essa desatenção ao sofrimento alheio. Ainda bem que para estes existem em troca muitos outros que além de usar de extrema competência ainda possuem a generosidade nos atos com que conduzem o comportamento profissional.
    Minha amiga, não desista, por favor! Você e a tua querida filha Santy hão de atravessar mais esta crise com a mesma força que sempre caracterizou a união das duas. O sofrimento dela é normal, assim como também a tua preocupação de mãe ao vê-la sofrer por tua causa, mas Deus está no comando da vida das duas e com toda a certeza Ele continuará a olhar com os olhos de Pai bondoso e a absorver a dor maior de que hoje estão acometidas. Deus ainda está na tua vida e não deixará a dor te destruir. Estou sempre contigo no meu coração e nas minhas orações estás sempre presente, nunca te esqueças disto, minha amiga querida!
    Não te preocupes em postar nem em nos visitar, pois entendemos que o teu foco agora é atravessar essa crise. Teus amigos estarão sempre contigo e orações e pensamento de muita força.
    E quando estiveres novamente fortalecida e livre das dores, sabemos que virá nos participar a tua vitória. E todos entoaremos a Aleluia que estará a florir os nossos corações.
    Fica em paz, meu anjo lindo, e logo logo estarás por aqui esbanjando alegria, espalhando sorrisos e iluminando nossa alma com a luz tão bonita do teu coração.
    Um beijo no meu carinho,
    Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querida Helena.
      Minha amiga querida, como sempre levantando os caídos, sempre muito bom ter o seu apoio, já lhe disse que a sua alma é imensa, cheia de amor e generosidade. Estava mesmo ontem no profundo abismo, mas nada como um dia apos o outro, ontem durante a madrugada tive mais um grave pico hipertensivo, que me fez acordar para a vida, tenho uma filha que só tem a mim, não me entregarei ao desespero novamente, nem me sentirei abandonada por Deus, acho que dor intensa tem nessas coisas, no faz ver apenas a escuridão, sem se da conta que sempre o sol aparece, para dor física há remédio, mesmo que no meu caso por causa das minhas alergias sejam mais dificil o controle e para a dor emocional tem Deus, para tudo há uma saída, como dizem só não tem solução a morte, por esse motivo enquanto estiver viva procurarei uma solução. Houve muitos erros nesse minha crise na emergência, mas em todo momento eu tinha a opção de ligar para o meu medico e ele conduziria com certeza de uma forma certa, porque não o fiz, isso ate hoje me pergunto, talvez sabendo que a minha outra opção seria a entrada na Uti, para o uso da xilocaína e outras medicaçoes que só poderia usar estando em uma uti , então eu também permitir sofrer naquela forma. Como tudo é uma lição, essa eu aprendi e espero que não me permita passar por algo semelhante. Aceitei a dor com mais tolerância que deveria, olhei para os outros assuntos com mais interesse que era possível naquele momento, enfim tenho é que agradecer a Deus por está viva. Hoje eu amanheci melhor, conseguir me alimentar um pouco, a minha pressão está ainda bem alta, mas sem dor e isso já é um bom começo, ate acho que a crise pode finalmente está cedendo, assim espero. Obrigada minha amiga por está nas suas orações e no teu coraçao, saiba que também está no meu, tenho uma grande admiração e carinho por você e desejo do fundo da minha alma que seja muito, muito feliz. Um grande Abraço.

      Excluir
  5. Não convém esmorecer, Mirtes. É natural que custe ver o sofrimento da tua filha ao ver-te sofrer, mas como já bem sabes pelo teu histórico de crises, perder a esperança não ajuda a recuperação.
    Muita força em mais este momento difícil.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Laura.
      Com certeza, o dificil é fazer o nosso cérebro e coraçao aceitar isso rsrs, estou brincando amiga, não devemos mesmo nós entregar não existe dor que dure para sempre. Uma linda semana. Beijos.

      Excluir
  6. Passando para deixar meu carinho
    desejar uma semana repleta de muita alegria e paz
    Que Deus abençoe vc ricamente todos momentos de
    sua vida....Adoro ter a sua amizade e elogiar seus posts
    felicidades nesse dia das crianças

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Mirtes,passando para deixar um grande beijo e muita luz.
    Bjs com carinho.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Carmem.
      Obrigada amiga, uma linda semana, beijos.

      Excluir
  8. Minha querida amiga como dói tanta tristeza ,não é fácil viver assim em constante sofrimento,com certeza existem coisas que não estão nas nossas mãos querida amiga ,mas sim na mão de Deus ele sim é dono absoluto de tudo ,você sofre muito pois já não bastava os seus males ,agora sua filha que também sofre como deve ser doloroso ver a sua filha sofrendo ,pois custa muito quando amamos os nossos .Há momentos na nossa vida em que tantas vezes nos questiona-mos , dúvida-mos e nos interrogamos os porquês das coisas querida amiga ,mas também existem aqueles momentos em que as respostas aparecem simplesmente do nada ,uma ténue luz de uma esperança ,talvez até pode ser delicada de acreditar ,mas com certeza sentida e viva no nosso coração que nos faz acreditar que as coisas vão com certeza melhorar ,nunca perca a fé e a esperança querida amiga ,que Deus ilumine a vossa vida com muitas graças ,muitos beijinhos .

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Emanuel.
    Como bem me conhece meu amigo, custa muito mais ver quem amamos sofrer do que todo o sofrimento que possamos estar passando, mas Deus é misericordioso e nós livrara nesse calvário. Obrigada pelas ternas palavras. Uma linda semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Minha amiga sei que sua luta não é facil, mas estamos aqui.
    Cuida bem da Santy e Deus as ilumine sempre.
    Carinhoso abraço.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Toninho.
      Obrigada pelo apoio, muito bom contar com vocês. Uma linda semana. Beijos.

      Excluir
  11. Oi Mirtes, minha querida amiga!
    Fique bem, apesar de tudo, Deus está ai pertinho de você, para te fortalecer e renovar tuas forças. Sei no meu coração, que sairá desta, graças à Deus mais uma vez!
    Tenha sempre esperanças que estes tristes momentos com você, sua filha e sua família , passará, acredite.
    Ele sempre vem em nosso socorro!
    Fique firme e com Deus!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Mariangela.
      Minha amiga obrigada pelo carinho, com certeza com Deus somos mais que vencedores. Uma feliz semana. beijos.

      Excluir
  12. Que triste fiquei ao ler o seu relato,Mirtes querida.
    Força, amiga.
    Deus está contigo.
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Verena.
      Obrigada amiga , uma linda semana. Beijos.

      Excluir
  13. Olá, Mirtes!

    Muito agradeço a você, por nos ter contado, feito um resumo, da sua nova crise e internamento.
    As pessoas com doenças crónicas e graves, como é a de você, vão criando estratégias de defesa e vão alimentando a alma com a fé em Deus, primeiramente, e depois na família, e aí, tem lugar primordial sua filha Santy e seus amorezinhos, como carinhosamente lhes chama.
    É neles que sua força se torna hercúlea, poderosa e vencedora, como já você afirma. O amor tudo vence.

    Cuidado com a perda de sentidos, Mirtes, minha querida! Não levante durante mto tempo, eu sei, eu li k só o pode fazer, no máximo durante 50m, mas mesmo assim, tenha cautela.

    Como em todas as áreas, nem todos os profissionais da medicina são incompetentes, graças a Deus, mas há k demonstrar nosso descontentamento, nosso desagrado, qdo em vez de revelarem interesse e ajuda a uma doença como a sua, a tratam como se de uma dor de cabeça, simples, se tratasse.

    Tenha fé e não desista de lutar e manter acesa essa chama, chamada esperança. Você já venceu várias e duras provas/batalhas, então, a "guerra" você tb a irá vencer. DEUS É PAI!

    Agradeço sua vista e comentário. Eu sou mesmo assim, MIrtes, como falei no blog de nossa amiga comum, Helena, que funciona como "psicóloga" de mta gente na blogosfera. Precisamos de mais gente assim.

    Boa semana e as melhoras, dentro do possível, que queremos bem satisfatório.

    Beijos e um afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Céu.
      Minha amiga, obrigada pela força, palavras, encorajamento. É tão bom poder com amizades como a sua e da querida Helena, é visível que são pessoas verdadeiras. Uma linda semana. Forte abraço.

      Excluir
  14. Amiga
    Passando pra deixar um abraço bem forte e desejar que esteja tudo bem!
    Tenho certeza que se não fosse a sua FÉ na vida e principalmente em Deus, não teria chegado até aqui com brilho nos olhos e esperança no coração. Só quem passa por tudo o que relata sabe como é dificil cada obstáculo. Esse amor incondicional a Santy faz tudo ter sentido.
    Tenho orgulho de vc!!!

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Fabi.
      Foi a pior fase da minha vida, perdi o chão, vir o mundo sem cores, mas o amor incondicional a minha filha me fez reagir e aqui estou enfrentando de frente com Deus todos os obstáculos. Obrigada minha amiga pelo carinho. Uma linda semana. Beijos.

      Excluir
  15. Passei para deixar o meu desejo de que tenhas muita coragem para tanto sofrimento. Um beijo, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Graça.
      Obrigada amiga, uma linda e feliz semana. Forte abraço.

      Excluir
  16. É difícil, é necessária muita coragem, fé e dedicação.
    Acompanhado acusa luta, na esperança que um dia esse problema deixe de existir para poder gozar a sua vida, na mesma fé mas sem esse sofrimento.
    Estive algum tempo sem a visitar, mas perdi no meu Blogue todos os meus contactos e, agora, a pouco e pouco estou a recuperar.
    Que as melhoras continuem, cara amiga.
    Gosto e admiro muito a Mirtes.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Manuel.
      Meu amigo obrigada pelo carinho, também gosto muito de você. Foi sim necessário uma coragem que pensei que nem tivesse, uma fé que implorei a Deus para manter e uma dedicação a minha filha que me fez lutar e aqui estou seguindo. Um forte abraço.

      Excluir
  17. Há na minha mensagem dois erros, feitos pela correção automática.
    Escrevi: Acompanho a sua luta
    Saiu aquela asneira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Manuel.
      Meu amigo eu tinha entendido. Uma feliz semana. Beijos.

      Excluir