quarta-feira, 14 de novembro de 2018

CRISE DO FEOCROMOCITOMA- MINHA SITUAÇÃO RESUMIDA.

 Resultado de imagem para deus é fiel

Bom dia meus amigos. Antes de mais nada é apenas uma observação nos últimos dias do descaso de alguns profissionais com a vida humana. É por isso que tantos pacientes vão a óbito por feocromocitoma e muitos morrem  de outras doenças por eles acharem que pode não ser nada serio. E algumas situações os médicos não estão nem dando importância. Na medicina não tem pode ser, primeiro se investiga, excluir doenças físicas, depois podem pensar que é estresse. E tratam os pacientes de forma desumana e ate injusta. Hospital não é lugar para as mulheres fazerem unhas, para isso tem salão. Médicos podem curtir seu face, mas não diante de um paciente instável.  O mundo precisa de pessoas mais humanas, mas competentes também, mas competência com descaso a vida humana, não adianta muito coisa.
Meu irmão está internado para realizar a amputação do dedo. Imagine sendo feocromocitoma, uma doença rara, muitos sem diagnósticos concluídos perdem a vida. Meu irmão foi a óbito e morreu se queixando de sintomas que nunca foi levado a serio. E era feocromocitoma. Meu outro irmão foi diagnosticado por inflamação na garganta, e era câncer de laringe, teve uma morte terrível, eu cuidei dele ate o final e foi aos poucos, foi muito doloroso.
Minha mãe o próprio medico dela não ligou para a queixa da dor no peito, e ele me disse que seria bom minha mãe fazer uma viagem, esparecer, isso em uma sexta-feira, ela infartou em meus braços dentro do ferryboat e nunca mais se recuperou.
Minha filha recentemente gritava de dor e sabe o que eu escutei que ela deveria ter pouca resistência para dor. Logico que lutei de todas as formas para que ela fosse reavaliada e ao ser feito isso, ela estava tendo hemorragia interna.
Minha irmã perdeu o movimento  de uma perna e o medico disse a ela que ela não tinha nada, que era histerismo, tem outro nome mais que dizer a mesma coisa. Isso sem exame nenhum de imagem, apenas por o exame neurológico estar normal. De novo eu questionei o diagnóstico do medico, perguntando quias os exames de imagens tinham sido feitos, e finalizando a internaram, a investigaram e  ela tinha mielite transversal e ela a dois anos é cadeirante.
Onde eu quero chegar?! Mesmo se uma pessoa estiver estado em um terremoto e vocês acharem que essa pessoa está abalada, ela pode está abalada e ainda sentindo dores físicas dos tijolos que cairão nela durante o terremoto. Porque eu resolvi falar sobre isso. A uns messes eu comecei a sentir uma queimação, a minha oncologista me disse que era o processo do fim. Logico que tem que ter bom senso, nem exagerando, nem negligenciando. Mas o queimou nunca foi descoberto a causa ate esse momento, fora de crise raramente sinto então seguir com minha vida. Quando perdi o sentindo no hospital merda que minha filha estava internada, o medico só faltou fazer piada. Levantei com dificuldade e já sentindo choque na coluna. Mesmo ele não sabendo do meu histórico medico, ele estava diante de um paciente no chão, nem se não fosse medico, deveria ter agido como ser humano.
Depois daquele dia eu não mais sentir alguns dedos do pé, passei a sentir choque na coluna. Hoje eu me pergunto se estivesse diante de um medico de verdade, aqueles que se formaram para salvar  vidas, teria hoje as consequências daquela queda. Logico que sei que naquele dia a minha pressão chegou a 260 por 150,  mas aquele medico e o tão fisioterapeuta ajudou muito para que eu entrasse em uma crise que ate hoje eu não sair, e me fez me sentir um lixo. Logico tudo isso é passado.
Deixo aqui um conselho, se for medico ou não, e se encontrar uma pessoa no chão desacordada, ou desorientada, ou no chão sem conseguir se levantar pense que pode ser sua mãe no futuro ou sua filha ou filho, ou você próprio. Faça com os outros como gostaria que fizessem com você. Ficamos eu e minha filha traumatizada a tão ponto, que fiz todos os exames que não são realizado na Fundação, para depois pensar em controlar a crise do feocromocitoma, pois não vou para nenhum hospital que não seja a fundação, eu tenho pelo meu medico confiança total, o que eles não puderem fazer la ficarei sem fazer. Não quero nunca mais passar o que passei na vida nos hospitais, e pior ainda nunca mais quero entrar no hospital São Rafael nem que ele seja o único hospital de Salvador.  

Resumindo, conseguir fazer as ressonâncias, estou com problema na coluna, isso explica os choques e a dor. Isso pode também ter causado dor neuropática.  Estou com muita dor de cabeça, em crise do feocromocitoma, e com a pressão muito  alta e me sentindo mal. Agora é tentar ceder a crise do feocromocitoma, depois marcar um oftalmologista para ver a alteração visual, porque daqui a pouco quem sabe a retinopatia hipertensiva se agravou e eu fico aqui pensando que é da dor de cabeça. É muito dor, quero sair de crise do feo, para ver se a dor alivia, e depois com a dor mais controlada vou  cuidar das novas doenças que surgiram . 
Minha filha amanheceu com muito dor e abatida. Ela estava ate melhor, mas com período menstrual, menstruação forte demais, anêmica com está, está se sentindo mal.

Meu irmão está internado, para amputar o dedo, mas está estável.

Marcia minha irma que tomo conta que tem esquizofrenia, não anda muito bem, muito abatida.

A vida está muito dificil, mas estamos protegida por Deus, eu estou de verdade em paz. Esse semana eu fui muito bem tratada no hospital português nas realizações das ressonâncias, todos muitos atenciosos. Meu medico neurologista Dr. Matheus, me atendeu em extra e ainda revisão e ainda em cima da hora. Estava muito sem graça, mas eu queria muito saber se tinha alguma alteração grave no cranio que pudesse está provocando essa dor tao forte na cabeça, mas deve ser da propria crise do feocromocitoma que já tem muitos dias sem cessar. Toda crise muito demorada, vai se agravando. É isso meus amigos, continuem orando pela gente e pela minha família. E que todos nós possamos sentir Deus pertinho da gente.

                      
O pior com minha filha passou, agora é manter cuidados. Obrigada Deus por ter preservado a vida da minha filha. Peço que ela tenha uma recuperação surpreendente e que tudo de ruim fique no passado.

                       
Esse é o dedo do meu irmão Onofre. Eu o alertei no inicio de todas as formas, mas ele não me escutou. Santy foi internada, eu estava com ela no hospital, depois veio aqui para casa meu outro irmão doente, quando finalmente meu irmão foi embora e Onofre chegou aqui em casa, foi esse o estado que ele se encontrava, fiquei chocada, No dia seguinte ele me prometeu ir ao hospital, finalmente aceitou que não tinha jeito, não era opção, ou perde o dedo ou a vida. Hoje eu queria muito visita-lo. Mas Deus sabe os meus motivos, eu levantei para ir mais a dor não me permitiu Minha filha também se sentiu mal. Marcia passou o dia estranha, sonolenta, abatida, fiquei muito preocupada, e de olho para alimenta-la melhor, pois parece está doente.
Um bom feriadão para todos vocês.  

sábado, 10 de novembro de 2018

Piora dos sintomas. E ainda sintomas novos

Na quinta  levei  Márcia  ao médico  ela não estava  muito bem. Lá mesmo  tive mais  um pico hipertensivo  súbito. Mas dessa  vez bastante  sintomático.  Fiquei  tonta, com desconforto  e mal estar.  Corri  para casa. Chegando  em casa  passei a noite tentando  controlar  a pressão.  Ontem  tinha  ressonâncias marcadas.  Mas não  tive  condições  de ir. Hoje amanheci  com a dor de cefaleia  ainda  mas forte. Levantei  e fui andar para  ver se aliviava.  De repente  do lado  esquerdo  no meu olho  eu vejo um clarão.  Não sei nem explicar.  Cheguei  no quarto com dificuldade  e acordei  minha  filha.  Graças  a Deus  a visão  normalizou.  Estou  vendo  pontos  voadores  pretos.  Mas esse sintomas  eu já sinto.  Mas um  clarão  de luz que  nem  sei explicar  foi a primeira  vez. Fiz até teste com Santy para afastar  Avc. Mas aparentemente  deu normal . Só permanece  meu crânio sendo  esmagado. Conseguir  marcar  amanhã  as ressonâncias.  A todos  eu peço de novo quê  orem  por mim  para  o alívio  dessa dor e pela  minha  vida, acho que  ainda permaneço  em crise  do feocromocitoma, pela  recuperação  total da  minha  filha, pela cura  de Márcia.  E para meu irmão  Onofre  que  se recusa  a ir para o hospital  e está  com o dedo  em um estado  crítico.  Não  acho que  ele possa salvar  o dedo.  Mas ele  pode tentar  salvar  a vida  dele. Ele  era  a pessoa  da família  que  eu contava.  Era ele quê  ficava  com Lila  e Márcia  para eu fazer  exame  e ir para o hospital.  E agora  me  vejo  sem nem saber  o que  fazer.  A pessoa  que   trabalha aqui não trabalha  final de semana  e durante  a semana  tem que  largar  as 16 horas. Minha  sobrinha  trabalha  e tem os meus  amorezinhos.  Mas Deus  sempre  está  presente.  Durante  muito  tempo  ia sozinha  para a fundação.  Lá  é  o único hospital  que  eu me sinto  segura e confio  plenamente no meu médico. Mas antes  eu preciso  tentar  fazer  as ressonâncias.  Resumindo  a vida  está  bem dura  . Mas estou  serena, eu tenho um Deus  que  nos ama  e nessa fé  eu estou  me segurando.  Obrigada  a todos que  oram  por nós.  Quê  desejam  a nossa  vitoria.  Agradeço  de coração  a assistência  do meu  médico  assistente.  O atendimento  do meu  neurologista  Dr. Matheus  do Rosário  que  me  atendeu  com bastante  atenção e interesse  em me ajudar.  Agradeço  também  ao angiologista da fundação que  encaixou  minha  irmã  como  extra e foi atencioso  com a gente, nós  atendeu  com muita educação.   Sempre Deus  colocando  nas  nossas vidas pessoas  disposta a ajudar.  Nos  mostrando  que  apesar  de tudo  de ruim que  aconteceu no hospital  São  Rafael, nem todos  os hospitais  são iguais . E que ainda existem  médicos  que  se formam para salvar  vidas  e tratam o seu humano  de forma digna.  Um feliz  fds a todos.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Infelizmente trago mais notícia ruim

Boa noite  meus  amigos.  Esta tenso  para  a minha  família  esse ano.  Há  alguns  dias  minha  irmã  estava  insistindo  para  mandar  meu outro irmão  ficar comigo  uns dias.  Mas já estava aqui meu  outro irmão.  Hoje  meu  irmão  foi embora  e chega  meu irmão  o Onofre.  Quê  susto.  Pelo o que  eu tinha  conhecimento  ele estava indo ao posto  para  fazer curativo  no pé. Pensei  encontrar o pé  na mesma  condições  que  tinha  visto da  última  fez.  Encontrei  foi o dedo  na minha  opinião  necrosado. Tomada  quê eu esteja  errada.  Mas curativo  não  faz  milagre. O caso dele  é  grave.  E caso de  médico. Santy  coitada  ficou  pálida  parecendo  que  estava  vendo  um fantasma.  Sem jeito, sem graça  falou  com ele  e está  no quarto.  Eu ainda  tirei  fotos  do estado  do dedo.  Tentando  pensar  o que  fazer.  Mas  eu não  posso  fazer  nada.  Estou  ainda  em choque .  Como  pode ele de novo  deixar  uma  situação  chegar  a esse ponto.  E ainda  vem bêbado  e fumando  horrores.  Lila  fez pena.  Fez festa  para  ele  mas  depois se afastou. É  algo  quê  nunca estamos  preparada  para ver.  Da pena, raiva  por ele  ter deixado  acontecer  de novo.   Amanhã  vou  fazer curativo e cobrir. Mas  sabendo  que  só  um milagre.   Não  posso esquecer que  minha  filha  está  recém  operada.  Precisa  de mim  e fora isso estou  sentindo  fortes  dores  na perna  esquerda.  E minha  coluna  dando  choque.  Minha pressão  controlada  parcialmente.  Não  sei como  uma perna  pode doer  tanto.  Quê  situação  difícil.  Dai-me força  meu DEUS  amado.  Quê  amanhã  o cirurgião  retire  os pontos  de Santy  sem dor  e sofrimento.  Não  vejo a hora  de ver  minha filha  recuperada.  DEUS  nos ajude nessa  dura  caminhada.  Quê  tudo  de ruim  possa passar  é que  venha  dias  felizes.  Grande  abraço  a todos .

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Notícias nossas.

Boa noite meus  amigos. Santy  seguindo  se recuperando . Com algumas  complicações.  Mas estamos  em paz. Deu seroma  em várias  partes  do ferimento  cirúrgico.  Ainda  muito anemica.  Mas as dores  diminuindo bastante.  Hoje eu fui ao neurologista . Por  sinal  um bom médico . Investigando  as minhas queixas  e até  com intenção  de revisar  a situação  geral  da minha saúde.  Quer  que  eu resolva  Também  a extração  dentária. A minha filha como  sempre  no meu pé  para eu me cuidar.  Fui  ao médico  falei  do chogue  da coluna,do desmaio,e esqueci  o principal  a dor  intensa  na perna esquerda.  O mas sério  é  que ontem  a dor  na perna  não  me deixou  dormi. Como  pode me esquecer  do quê  mas  está  me incomodando? Na semana  passada  fui  na casa da minha irmã  e esqueci  de trazer  meu irmão  rsrs.  Tive  que  voltar para busca-lo.  Ambas situação  difícil  de acreditar.  É  muita coisa  junta.  A dor também  me deixa  desligada.  Mas esquecer  coisas  assim é  no  mínimo  preocupante.   Mas o importante  é  que  o neurologista  passou  ressonância  do cérebro  e da coluna.  Aí vem minha irmã  e diz  que  o problema  dela começou  assim.  Na mesma  hora  disse não  é.  Chega  de doença.  Feocromocitoma.  Endometriose.  Tromboses, Afilamento  no vaso cérebral. Problema  no estômago. Hipertensão.  Chega.  Agora  ela dizer  que  pode ser mielite.  Com educação  disse é  só um problema  de coluna.  Assim eu espero.  Quê  não  seja  mesmo  nada de grave. O outro  médico  suspeitou  de dor neoropatica  periférica.  Infecção. Até eu realizar  meus  exames não  vou  criar  fantasma.  Vou  continuar  usando  remédio  para dor.  Estava  usando  apenas  em dor  intensa.  Mas essa noite  vou  usar antes  de dormir.  Para ver se tenho  uma noite  sem dor.  Nesse momento  não  posso  fazer repouso.  Até brinquei  com minha  filha  que teria 10 minutos  em 8 em 8 horas  deitada.  Estátua. Claro quê  não  estou  me referindo  a ela . Mas Lila.  Márcia ,trabalho, problemas  etc.  Uma coisa eu voltei  a sentir paz, coragem, e  fé  em um Deus  que  eu sigo.  Deus de amor.  A vida não  está  fácil.  Mas eu sei quê  tudo  quê  estamos  a passar tem um propósito . Qual  é? Não  faço  a menor  ideia.  Mas eu confio  em Deus e acredito  que  para tudo tem uma solução. Estou  no aguardo das providências  divinas.  Uma feliz  semana  a todos.

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Dia dos que partiram .

Que  todos  que  partiram  para  a vida  eterna  recebam  muita  luz.  A cada perda um pedacinho  do meu coração  vai junto.  Do outro  lado  tem um pedacinho  de mim  quê  foi quando  iria completar  2 aninhos.  Foi outro pedacinho  quando  foi meu  pai, Minha mãe, meus  irmãos,minha irmã   e meu sobrinho . Falar  em saudade  é  algo  complicado.  As vezes o tempo  ajuda  e em  outros  momentos  o tempo vai passando  e a saudade  vai aumentando.  Meus entre  queridos  que  Deus façam  quê  o meu sentimento  de amor  chegueim  a vocês.  Eu os amo.  Amarei  eternamente. Hoje meio triste.  A doença  da minha  filha  me fez reviver  grandes perdas  e sofrimentos . Obrigada  meu  Deus por ter  preservado  as nossas vidas.  Obrigada  meu Deus pela vida  da minha filha.  A todos  um feliz  dia.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Tchau outubro, não sentirei saudade de você.

Boa tarde  meus amigos  e visitantes.  Graças  a Deus  as coisas parecem  que  deu uma melhorada. Fui ao médico  ontem.  Retornei  com minoxidil  e minha pressão  não  controlou  totalmente  ainda.  Mas não  está nas alturas  como  antes.  Com a pressão  mais  controlada  o desconforto do peito  aliviou.  Mesmo  assim mantenho  a dor  na perna esquerda  e dormência  em três  dedos  e com dor  nas costas.  A febre  só  chegou  a 37.5. E não mantive  mas calafrio. Minha filha  está  melhor.  O cirurgião  agora  acha  que  não  é  infecção  no ferimento.  Mas se trata  de seroma. Sentir  dor  é algo  muito  doloroso  e com a medicação o tramal.  Apesar  de vomitar  aliviou  a intensidade . Santy hoje  irá para  consultas  e exames.  Resumindo  Deus escutou  os nossos  clamores.  Agradeço  de coração  a cada pessoa  que  orou por nós . Não  teremos  saudades  desse mês  de outubro.  Estou  aliviada  por ele  está  indo embora. Sentir  dores  horríveis.  Minha filha  sofreu  horrores.  Meu irmão  e minha filha  passaram  por momentos  difíceis.  Meu outro irmão  a uns dias  caiu é se machucou.  Minha irmã entrou  em uma  crise  bem complicada . Minha outra  irmã  teve  piora  do seu  estado.  Ela estava  respondendo  melhor  a fisioterapia  e até  ficando  em pé.  Mas devido  a tudo  isso Também  teve  uma  piora.  Ela é  cadeirante  devido a mielite.  Quanto  ao meu  irmão  todos  ajudaram.  Espero  de coração  que  ele  comece  uma nova  vida. Ele  no momento  está  na nossa casa  e ate  meu sobrinho  passamos  uma borracha  no passado.  Quando  minha  filha  ficou  muito mal percebi  que  nada tinha  importância.  Para  estarmos  com comunhão  com Deus  temos  que  amar uns aos  outros  e seguir  amando  e vivendo.  Tchau  outubro.  Foi o pior  mês  da minha  vida. Recebo  com esperança  o mês  de novembro.  Quê  Deus  esteja  com cada um de nós.  Enorme  abraço  a todos.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Pedido de oração para Santy

As vezes nós  sentimos  que  estamos  no barco  sem rumo.  Sozinhas. Eu amo  minha família.  Mas nesse momento  a minha  prioridade  é  minha filha e tentar  me manter ativa.  Pois financeiramente  eu tenho que  arrancar  com meu tratamento médico. Pois se não  tivesse  com arcar com certeza se dependense  de família,  ficaria  sem. Eu já cuido  da minha  irmã  com esquizofrenia.  Meu  irmão  está  na minha casa. E minha  irmã  que  quê  eu cuide do meu outro irmão. O que  eu farei  com prazer.  Mas não  desse momento.  Pois eu não  estou bem.  Eu sinto  dor intensa  na perna esquerda  e costas. E minha  filha  nesse .momento  é  prioridade  máxima.  Nesse final de semana  eu me  sentir  mal  e Santy  tomou  susto . Tive entre  muitos  sintomas  falta de ar.  Ela  desceu  uma escada  com a autorização  do cirurgião  quê  fez a cirurgia  dela.  Resumindo   o médico  pelo  wapp  quê  parecia   infecção no ferimento  cirúrgico. Que ele  não  estava  hoje  no hospital  é que  ela  fosse para a emergência  para abrir  ainda mas  os pontos  e tomar  antibiótico . Eu preciso me  manter  e quando  saiu  deixo  ela em boas mãos.  Ela  começou  dizendo  quê  só  iria  depois que eu estivesse  medicada.  Mas no fundo eu sei quê  essa foi  a decisão  dela. No mínimo  ela  teria  quê está  tomando  antibiótico.  Ela  deveria  ligar  para o médico  dizer quê  não  queria  abrir  mas aceitar  tomar  antibiótico.   Nenhuma  dor  fisica é  comparada  ao que  estou  sentindo.  Fico me perguntando  se de  fato  ela  sabe o quê  está  fazendo.  Orem para que  ela tome  a decisão  certa.  Ore pela vida  da minha filha.  A única  coisa  que  quero  ver na vida  é  minha  filha curada.  Recuperada  dessa  cirurgia . O resto  não  me importo  mais.