terça-feira, 15 de maio de 2018

ALTA A PEDIDO DA UCO. -- GRATIDÃO A DR. EMERSON PORTO. -- RESUMO DO INTERNAMENTO.

Imagem relacionada

Inicio essa postagem agradecendo a Deus pelo dom da vida. Dessa vez eu entrei em crise e nem tinha certeza que se tratava de uma crise do feocromocitoma. Eu creio que apresentei uma infecção, talvez dentaria. Junto com a falta de uma medicação(Atensina) que estava e continua em falta em salvador e isso me colocou em crise. Algumas pessoas dizem que tem de 150 mg, mas isso se trata de uma mentira, pois não se encontra em nenhuma dosagem. Graças a Deus nunca me faltou recuso para manter todas as minhas medicações em uso. Houve uma mudança total no meu organismo. Sempre usei e usarei todos os medicamentos prescrito pelo meu medico assistente Dr.Emerson. O que houve foi que devido a hipotensão, depois a instabilidade da pressão arterial, oscilando entre hipotensão e hipertensão, precisei suspender, e ate procurei entender o que estava acontecendo, pois usava 7 anti-hipertensivos em dosagem máxima, isso diariamente, mesmo fora de crise, e em crise usava todos os medicações orais e ainda venoso para controlar a minha pressão arterial. E dessa vez precisei enfrentar uma crise do feocromocitoma com dosagem minimas das medicações que usava e isso foi uma experiencia traumatizante.






Crise do feocromocitoma significa sofrimento! Quando o tumor está ativo e tendo descarga de catecolaminas, ocorrem muitos sintomas, alguns cruéis. Como já relatei aqui minha filha não esta bem de saúde e minha crise se agravou no momento que mas minha filha precisava de mim. Lutei com todas as minhas forças em casa, evitando ir ao hospital e correndo com ela aos médicos necessários, e acompanhando ela nos exames. Mas, chegou um momento que tive mas uma desmaio, que a levou ao desespero pois demorei de voltar a consciência. E foi nesse dia que ela ligou para Dr. Emerson, e ela decidiu que eu iria para o hospital. E Dr. Emerson comunicou ao hospital a minha chegada la. No caminho ao hospital minha filha olhou para mim e me disse "vou ter que enfrentar tudo isso sozinha." Ela se referia a doença dela. Foi uma situação que com nenhuma palavras poderia expressar a nossa dor, a nossa tristeza. Daquele dia minha filha tinha ido a mais uma consulta e mas uma diagnostico dificil, mas esse eu já esperava. No estado emocional destruído, me sentindo muito mal, eu dei entrada na fundação, e chegando la, fique na recepção vomitando, me sentindo muito mal, por mais tempo que fique durante todas as minhas entradas em emergência. Quando eu entrei tinha uma enfermeira que Fui entrando e ela falando "deita aqui para fazer um eletro", calmamente eu expliquei que ao deitar a cabeça muito baixa voltaria a vomitar. Ela de la mesmo gritou para medica " Ela diz que não consegue deitar", não sei a resposta da medica, só escutei essa pessoa falando "levante e senta na protona que vai tomar dramir."  Não nós chocamos por ela ter mandado sentar na cadeira se fosse para deitar no chão tendo monitoramento para mim não tinha problema. Mas eu não me sentia bem, queria deitar e ela  foi ainda muito grossa. Quando eu olhei para minha filha, ela tinha um olhar de profunda tristeza. Eu sair de mim, levantei e sair da emergência. Eu iria voltar pra casa, quando minha filha me implorou para deixa-la ela ligar de novo para meu medico. E ao ligar meu medico mandou eu retornar para emergência. Imagine a situação, um clima horrível, minha filha ainda mais triste e desolada. Eu estava em um hospital ao qual eu sempre fui muito bem tratada por todos. Na emergência sempre o serviço de enfermagem foi bom. E nesse dia o qual eu estava muito mal e muito fragilizada, eu tive o pior atendimento de emergência.. A medica indicou a UCO a pedido do meu medico. Mas completou que poderia dizer que eu estava com encefalopatia e incapacitada de recusar ir para UCO. Outra situação inacreditável. Minha filha com uma calma fora do normal disse "eu estou aqui doutora". Mas uma vez, Dr. Emerson nós ajudou e permitiu a minha filha ficasse comigo aquela noite. Já não estava querendo ficar sozinha na UCO, depois disso então estava aterrorizada. Quando chegamos na UCO, fomos recebida com carinho, respeito, consideração por todos. Estava de plantão pessoas humanas e carinhosas. No dia seguinte a equipe vascular esteve comigo, eles queriam colocar um portcarth. Eu recusei, primeiro eu estava com infecção, depois em crise de feocromocitoma. Um deles consegui colocar um acesso na jugular. Dr. Emerson esteve comigo, explicou a delicada situação minha. Na quinta-feira uma das medicas que estava na emergência na minha chegada, pegou o plantão na e iria me da alta da UCO. Minha filha ficou pasma, meu irmão ficou nervoso. Ela foi chamada, entrou no leito descontraída, dizendo que ainda estava avaliado, minha filha e meu irmão falou que eu não estava bem, sem condições de alta. Nesse mesmo dia pela tarde, sozinha no UCO, meus familiares preocupados, por ter insistido para eu ficar, me pediram para só chamar a enfermagem caso extremamente necessário. Eu comecei a me sentir muito mal, estava no celular e parei de conseguir digitar, ficou tudo nublado, assim fique durante algum tempo, foi quando decidir chamar a enfermagem, e disse que queria ir ao banheiro. E pensei se não for nada eu vou conseguir ir e voltar ao leito, se for desmaio, ou convulsão vou esta na presença da enfermagem. E essa foi a minha salvação, já retornei em grave crise adrenérgica. A qual eu só tive na vida três vezes (Uma aos vinte e seis anos, o qual o medico largou o plantão no hospital do Exercito, pois, na época não tinha UTI la, me colocou na ambulância e foi chegando na  UTI e la me aplicaram algo não vi mas nada, so voltando a consciência no dia seguinte. Ate hoje me lembro ele dizendo eu não vou perder uma paciente de vinte seis anos e gritando com meu irmão o questionando o porque não fui antes. A segunda vez eu estava nas mãos de um intensivista com amplo conhecimento. Mas que mesmo assim, solicitou ajuda geral, e foi me acalmando dizendo tudo o que estava realizando, tipo colocação de oxigênio, bolos de niprid etc. E por fim me disse que iria me sedar, para ter mais controle da situação, caso não consegui-se reverter o quadro, mas graças a Deus ele conseguir reverter. Só que dessa vez eu estava nas mãos de uma medica que queria pela manhã me da alta. A qual eu não fazia ideia da experiencia dela, e eu entrei em panico. Ela foi saindo do quarto e fiquei com medo de verdade dela menosprezar a situaçao e com certeza absoluta eu morreria. Com minutos eu fui ficando estranha, não conseguindo me expressar, muito tonta, mas ela foi rápida, gritou pedindo a medicação, e o resultado foi mas uma vitoria. Nesse momento eu sentir um dor tremenda na cabeça, nem medicação aceitei, só tomando bem mas tarde apos meu quadro estabilizar. Nesse momento também lembrei da minha filha me implorando para avisar se piorasse. A parti desse momento minha filha ficou comigo durante o restante do internamento. Passei o outro dia apavorada, minha filha perdeu o exame pois não conseguir ficar sozinha.  Para completar a situação, eu estava com um acesso na ponta, que a qualquer momento poderia perder, perdendo e eu tendo uma crise desse seria trágico. Foram dias de muito tensão, quanto mais ansiedade, mais adrenalina, quanto mas adrenalina, mas o feocromocitoma jogava, assim que eu amanheci melhor, e decidir vim para casa. Eu iria para o quarto, para depois ter alta, mas minha filha tinha exame, e eu estando melhor queria ir com ela e fui. Mas também o fator emocional contribuiu muito, eu estava muito ansiosa, com medo que ansiedade me colocasse de novo em crise. Mas aqui estou. Meu medico estava em um congresso, e minha família ficou como nunca ficou todo muito desesperado, mas a minha vida pertence a Deus.


Pedi alta da UCO e fui com Santy para ela realizar uma nova ressonância magnética. Tiveram dificuldade de pegar acesso e ela saiu toda furada. Só Deus mesmo para nós da serenidade e força. Dia 17 sai o resultado.

Resultado de imagem para gratidão

Foi Deus que me colocou nas suas mãos, doutor Emerson Porto e hoje agradeço a Ele e a você. Pois, se aqui ainda estou, foi porque é claro Deus me permitiu, mas o senhor é um profissional não só competente, mas também humano, educado e cauteloso. Cada vez mais é ainda maior a gratidão que estou sentindo. Sua profissão é abençoada, que assim continue sendo por toda vida, tratando seus paciente com dedicação e responsabilidade. Que Deus o cubra de bênçãos, e lhe conceda muita felicidade e a toda a sua família. Obrigada por me proporcionar o máximo de conforto e dignidade.

Resultado de imagem para obrigada

Obrigada minha filha, nem tenho palavras para lhe dizer como sinto muito por vê-la sofrer por mim. Não tenho palavras para expressar a minha dor ao vê-la sobre fortes medicações analgésicas, em uma cadeira de hospital, se recusando ir embora para ficar comigo. Olho para o alto e não acho explicação para uma pessoa como você ter que passar pelo que está passando. Você é anjo que Deus permitiu que nascesse para está ao meu lado. Eu te amo muito.
Resultado de imagem para obrigada

Obrigada a fundação baiana de cardiologia pelo acolhimento. É um hospital bom, com bons médicos, bons profissionais sejam na parte da enfermagem ou na parte medica.. Obrigada ao serviço geral de enfermagem, técnicos, as nutricionistas, as meninas da limpeza, copa, enfim, o atendimento da UCO foi perfeito. Obrigada a todos plantonista da UCO, em especial um medico que eu não conhecia que esteve no domingo de plantão. Um medico seguro de si, atencioso, que fez de tudo para me da um máximo de conforto. No primeiro dia que esteve de plantão eu dormir, pois me sentir segura da competência dele.  Agradeço a medica que reverteu a crise adrenérgica e pela atenção que teve comigo durante aqueles momentos.Fiquei muito sentida pela saída de Dr. Leonardo, as duas vezes que precisei de rapidez e competência ao pegar o meu acesso Dr. Leonardo fez em minutos, a primeira vez pegou um P.A.M, e a segura um acesso periférico. Fora que é um medico extremamente competente. Ate minha filha, família, sentiu comigo a sua saída da fundação. Que ele seja muito, muito feliz. Obrigada aos meus amigos, aos amigos virtuais, a minha família,e a todos que contribuirão para mais uma vitoria. Obrigada Dr. Emeson por aturar uma paciente tão teimosa. 

 Meus amigos virtuais, tão reais na minha vida...
Obrigada pelo carinho, força e orações.

11 comentários:

  1. Acompanhamos tua dor, sofrimento em mais essa crise. Tomara ela se afaste por um bom tempo de ti e desejo tuuuuuuuuuudo de bom pra Santi também! bjs, chica e fiquem bem!

    ResponderExcluir
  2. Sempre pedindo a DEus em oração por você, por Santy e toda a sua família. Espero que tudo se normaliuze e que possam passaer muitos e muitos tempos sem nada de mal sentirem.
    Que Deus as abençoe.
    Élys.

    ResponderExcluir
  3. Sdd de vc Mi.

    bjokas e fica com Deus =)

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga muita fé e esperança nesse lindo coração ,que Deus continue iluminando a sua vida e de todos quanto ama ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Querida Mirtes,
    Lamento muito que tivese nova crise que lhe causou tanto sofrimento e a sua filha.
    Desejo que esteja mais restabelecida.
    Que Deus vos ilumine e guie.
    Tudo vai dar certo.
    Beijinhos com carinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  6. Vejo que a minha amiga está novamente em sofrimento, espero e rezo pelas suas melhoras.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Mirtes!
    Pedimos a Deus amparo e proteção para vc e sua filha...já sabendo que, sempre zeloso e amoroso, Ele fará o melhor acontecer.
    Fiquem em paz!
    Beijos
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  8. Oi Mirtes, boa tarde!
    A guerra continua, mas o importante é que vcs sempre vencem as batalhas. Com Deus no comando amiga, nada te vence!
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  9. Querida Mirtes, desejo um bom fim de semana e que a sua saúde e a da sua filha sejam estabilizadas.
    O meu abraço e torcida grande...

    ResponderExcluir
  10. Oi Mirtes,
    Fico feliz que vc já esteja em casa,
    que com o passar dos dias vc
    fique ainda melhor e com a pressão
    estabilizada.
    E que sua filha também fique bem!
    Ótimo fim de semana \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Amiga querida, como é bom ver vocês já bem melhor! Que sufoco, queridas, agora que tudo estabilize, fiquem bem.
    Beijo grande, contei para Pedro como estão, manda beijo e cuidem-se!

    ResponderExcluir