sábado, 3 de dezembro de 2011

DESAFIADO A MEDICINA NÃO-ACREDITANDO NO PODER DE DEUS.

Não sou infalível, nem ninguém é, quando eu errar a não procurar a emergência a tempo, corro risco de vida,,mas estou consciente que não vai ser por medo que não vou viver intensamente cada minuto dado por Deus para eu amar a tudo e a todos,sou feliz,acordo pela manhã agradecendo a cada pessoa que  me ajudou com palavras , ações e gestos, e agradecendo também aquelas pessoas que me ajudaram a crescer espiritualmente, a doença faz que eu ame mais e com mais intensidade as pessoas,estou aqui hoje, amanha eu não sei,por isto não gosto de inimizade,tem pessoas  que é difícil , e nessas situações que Deus nos ensina a não julgar,relevar e acima de tudo perdoar, eu tenho feocromocitoma a anos e não tive consequência  mais serias, simplesmente porque eu confio em Deus,amo a vida, não penso muito no amanha,vivo o hoje,antes ficava chateada com a minha doença porque quando eu entrava em crise a minha vida bagunçava, e eu sofro muito em crise,hoje sou mais conformada que todos nos temos problemas,se tenho que passar por isto um dia que eu passe com resignação e confiança no poder de Deus,estou com um cardiologista  coordenador do ambulatório de hipertensão e a sua equipe, médicos altamente responsáveis a qual eu confio plenamente, fora que Deus é o medico dos médicos ,se desafiar a medicina,é querer viver,sem precisar pensar só em doença, raramente bebo, não fumo, não uso drogas ,a não ser as medicações prescrita por médicos,me amo e respeito o corpo dado por Deus para ser instrumento dele,se eu começar a me preocupar com tudo que eu sentir, não é vida,estou vivendo, não sobrevivendo., acreditando que só morrermos no momento determinado por Deus nos dar a paz em todos os momentos da nossa vida..Deus de fato desafia o conhecimento e a medicina humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário